O ponta-pé inicial na carreira do Skid Row foi dado em 1986, quando Dave "Snake" Sabo e Rachel Bolan se conheceram numa loja de discos de New Jersey. Após o primeiro encontro, Dave e Rachel passaram a conversar constantemente, a trocar idéias e também começaram a fazer algumas composições juntos. A entrada de Scotti Hill veio com tempo, já que ele havia tocado numa mesma banda que Rachel, e trabalhava no mesmo lugar que Dave. Sendo assim, não havia ninguém mais indicado que Scotti para o papel de segundo guitarrista do Skid Row.
            Snake Sabo, desde então passou a procurar outras pessoas para completarem a banda, até que deu de encontro com Rob Affuso, Dave não se tocou logo no trabalho de Rob, que era agressivo e técnico, características mais que bem indicadas a uma banda como essa. Com a falta de atenção de Dave, Rob passou a segui-lo, e a "pressioná-lo" com uma certa freqüência, mas sua entrada só foi efetivada quando Rob, foi ao estúdio onde a banda ensaiava e fez uma "jam" em "Midnight/Tornado". Segundo o próprio Rachel Bolan, a única coisa que ele pôde fazer foi olhar nos olhos de Dave e pedi-lo que chamasse o cara para tocar.
Faltava um vocalista para a banda. Então, Dave chamou um amigo, Matt Fallon para cantar no Skid Row.Com Fallon nos vocais, o Skid Row gravou algumas "demos". Mas a banda percebeu que Fallon não combinava com o estilo do Skid Row e então resolveram trocar de vocalista.
             Em 1987, um amigo da banda, viu um cara cantando numa festa de casamento, e o indicou para Rachel e Snake.  Eles resolveram enviar uma fita demo com suas composições para esse cara, e ao fazer o primeiro teste, ele passou a cantar na banda. Esse cara era o então vocalista da banda Kid Wikkid, nascido nas Bahamas, criado no Canadá que atendia pelo nome de Sebastian Bach. Um vocalista perfeito para a banda, capaz de fazer coisas incríveis com sua voz, e dominar uma platéia como ninguém. Ao ouvir as composições, Sebastian declarou-se empolgadíssimo, pois jamais imaginaria ser convidado a tocar numa banda capaz de compôr músicas como aquelas. E, principalmente, ao ouvir "Youth Gone Wild", Bach viu que havia encontrado o que procurou por toda a vida.
            Com a banda completa, eles foram atrás de uma gravadora e com a ajuda de Jon Bon Jovi, grande amigo de Snake Sabo, conseguiram um contrato para a gravação de seu primeiro álbum com a Atlantic Records. Pouca gente sabe que Snake Sabo foi guitarrista do Bon Jovi nos primórdios da banda. O resultado foi melhor do que se esperava. O Skid Row, alcançou três top 10 nos EUA, vendeu mais de 5 milhões de cópias pelo mundo à fora e fez de canções como: "Youth Gone Wild", "18 & Life" e "Piece Of Me" clássicos do hard rock , e  também a clássica balada "I Remember You". Com o disco no mercado o que se seguiu foi uma grande turnê (abrindo diversos shows para o Bon Jovi nos EUA), quatro discos de plátina dupla ao redor do mundo, capas de revista e muitas fãs pelo planeta Terra.
            O sucesso do primeiro disco deixou a banda com a responsabilidade de melhorar ainda mais no segundo álbum, e assim foi feito. "Slave To The Grind" foi o primeiro álbum desde 1986 a estrear na Billboard em primeiro lugar, e trás um ótimo exemplo da atitude, compromisso e perfeição da música do Skid Row. Definitivamente, não se tratava de mais uma entre as tantas bandas de rock da época, pois os caras tinham o "feeling" para a coisa. Os maiores destaques deste disco ficaram por conta de: "Monkey Business", "Quicksand Jesus", a melódica, sombria e pesada "Wasted Time" e a música tema "Slave To The Grind", que fala sobre o mal que é se deixar tornar um escravo do sistema, e trás um "manifesto" sobre aqueles que se habtuam a essa rotina. Como resultado disso, a banda embarcou numa turnê que duraria 18 meses, e levou o Skid Row a abrir shows para o Guns N' Roses nos EUA e Europa, para o Mötley Crüe na Europa, a tocar no "Donington Monsters Of Rock" na Inglaterra tendo a sua frente somente o Iron Maiden, a fazer uma apresentação arrebatadora no "Hollywood Rock 92" e a tocar em mais de 20 países ao redor do mundo como atração principal.
            Em 1992, o Skid Row lançou um álbum só com músicas covers chamado B-Side Ourselves, que só tinha 5 musicas. Destaque para a regravação de "Little Wing" ,de Jimi Hendrix, que foi muito elogiada pelos críticos. Depois de anos  enfrentando quartos de hotel, viagens e mais viagens, a banda decidiu  tirar umas ferias e começar a preparar material para o novo disco.
            Em 1995, após de dois anos de inatividade, a banda decidiu retornar ao estúdio e gravou, o que para muitos, é o melhor disco de Rock/Metal já lançado, "Subhuman Race". O álbum traz uma variedade de estilos magnífica, que leva o Skid Row a viajar desde de riffs típicos de 'Queen' ou 'Led Zeppelin' até pauladas do tipo 'Biohazard' e 'Pantera'.  Nas gravações, foram utilziados instrumentos antigos para dar um som mais rústico às músicas. Os maiores destaques do álbum ficaram por conta de: "My Enemy" , "Breakin' Down", "Firesign", "Frozen" e "Into Another". Seguinte ao lançamento do álbum, a banda embarcou em mais uma turnê, que levou a banda por estádios, arenas, pequenos e grandes clubes e a todo o tipo de lugar onde houvesse condições de se tocar um bom Rock n' Roll. Na parte "off-tour" da viagem, a banda fez alguns shows abrindo para o Van Halen e, depois, decidiu tirar novas férias.
            Em agosto de1996, a banda embarcou em uma turnê na América do Sul, palco das últimas apresentações do Skid row original. Os últimos dois shows desta turnê foram no Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo) pelo festival Monsters of Rock. A banda teve péssima recepçao do público, composto na sua sua grande maioria por fãs de Heavy Metal,  em ambos os shows sendo vaiada  e sendo alvo de objetos durante todo o show. Acredita-se que este episódio contribuiu para o que aconteceria com a banda à seguir.
            Poucos meses após o término da turnê Sul Americana do 'Subhuman Race', o mundo teve a notícia de que Sebastian saiu da banda, e assim aconteceu. Segundo os membros restantes, Sebastian foi demitido pois seu ego se tornou maior do que a banda. "Tudo tinha que girar em torno dele" - afirmou Snake em entrevistas.Após a demissão de Sebastian Bach em 1996, os membros remanescentes do Skid Row  decidiram mudar o nome do grupo para Ozone Monday. Para o lugar de Sebatian, foi chamado o vocalista Shawn McCabe. O projeto acabou depois de pouco tempo. Rob Affuso  também foi dispensado da banda. Na época, foi dito que problemas pessoais  impediam que Rob se dedicasse aos ensaios.
            Em 1998, foi lançada uma coletânea chamada "Forty Seasons - The Best of Skid Row" com as supostas melhores composições do grupo e mais duas musicas inéditas. Destaque para a música “Forever”, excelente música que não havia sido lançada antes e ficou de fora do primeiro álbum da banda.
            Após um período de tres anos inatividade, um novo Skid Row se formou em 2000.  Scotti, Rachel e Snake se reuniram e chamaram Johnny Solinger para os vocais e Charlie Mills para a bateria.  Charlie ficou pouco tempo na banda, no seu lugar entrou um ex-companheiro de Rachel no Prunella Scales, Phil Varone.
            Em agosto de 2003, foi lançado o novo CD da banda, com o nome "Thick Skin", com Solinger nos vocais e Phil Varone na bateria. Também foi lançado o primeiro DVD da banda com o nome de Under The Skin, que mostra todo o processo de gravação do CD mais cenas de ensaios e shows. No ano seguinte, Phil Varone deixa  a banda por motivos pessoais e o baterista Dave Gara entra seu lugar.
            Em outubro de 2006 é lançado o álbum Revolutions Per Minute que tem na produção Michael Wagener, produtor dos dois primeiros álbuns da banda. O album tem uma pegada completamente diferente de qualquer material lançado pela banda, com clara influência punk.

Atualmente a banda faz shows em pequenos festivais e clubes nos Estados Unidos.

 


©SKID ROW BR - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
No ar desde março de 2001
Página melhor visualisada em 800x600. Internet Explorer 5 ou superior.
WEBMASTER - MAURÍCIO MASCHERONI